Campanha “Duas Causas por 1 Causa”

A campanha "2 causas por 1 causa" culminou na entrega de um cheque simbólico no valor de 409 mil euros por Luís Veiga Martins, Rita Ferro Rodrigues e Iva Domingues a Lynne Archibald, presidente da Associação Laço, num encontro que contou com a participação de dezenas de representantes dos Sistemas Municipais que ajudaram a tornar realidade este projecto. Recorde-se que cada um dos sistemas municipais aderentes contribuiu com 1€ por tonelada de embalagens provenientes da recolha seletiva (ecopontos e porta-a-porta) e recicladas em 2008, na sua área de intervenção.

A este contributo, juntou-se o da SPV que doou 0,50€ por cada tonelada de embalagens reciclada a nível nacional. No total foram angariados 409 mil euros que foram hoje entregues à Laço para a aquisição das duas novas unidades móveis de rastreio. Em Portugal, segundo a associação Laço, são milhares as mulheres que anualmente escapam ao rastreio. Com as novas unidades adquiridas através do projeto "2 causas por 1 causa", a SPV e os SMAUT tornaram possível que mais 20 mil mulheres possam fazer o rastreio todos os anos.

O projeto "2 causas por 1 causa" resultou da parceria entre a Laço, os Sistemas Municipais (Algar, Ambisousa, Amcal, Amarsul, Braval, Ecobeirão, Ecolezíria, Ersuc, Lipor, Valorminho, Resat, Rebat, Resiestrela, Resioeste, Resitejo, Resíduos do Nordeste, Residouro, Resulima, Suldouro, Tratolixo, Valnor,Valorlis, Valorsul) e a SPV, a qual juntou de forma inédita a promoção da reciclagem à prevenção do cancro da mama. Esta dupla causa contou com a adesão de 23 sistemas municipais, integrados por um total de 231 municípios que correspondem a uma cobertura de cerca de 9 milhões de habitantes.

Laco Rosa cartaz



Laco verde imprensa
Campanha “Duas Causas por 1 Causa”