Mensagem do Presidente
A Ambisousa, EIM, é uma empresa intermunicipal que trabalha em prol do ambiente de uma forma séria e rigorosa, assegurando sempre a missão de Serviço Público a que se propõe diariamente.

Com provas dadas no sector do ambiente, é responsável pela gestão dos Aterros Sanitários do Vale de Sousa, que integra a designada "alta" do sistema de gestão de resíduos, incluindo também a triagem de todo o material proveniente da recolha selectiva e assegurando o seu correcto encaminhamento para a Sociedade Ponto Verde.

No nosso dia-a-dia vamos continuar a promover acções que se enquadram na valorização dos resíduos sólidos e na sua adequada eliminação final, potenciando ao máximo a capacidade de encaixe dos atuais aterros, de uma forma técnica e economicamente sustentável.

Entendemos ainda que é necessário fazer um esforço acrescido para diminuir as quantidades de resíduos enviados para aterro e, por outro lado, aumentar substancialmente os resíduos provenientes da recolha selectiva (papel, vidro e plástico), isto é, por via da separação multimaterial em ecopontos e em ecocentros.

Conscientes de que este esforço é de todos, contamos com a importante colaboração das populações na separação dos resíduos, promovendo cada vez mais a reciclagem no Vale do Sousa.

Vamos continuar a promover a valorização energética do biogás do Aterro de Penafiel e do Aterro de Lustosa, através da produção de energia eléctrica, e a recuperação ambiental e paisagística de antigas louseiras, utilizando para o efeito a deposição de resíduos inertes provenientes de construção e demolição.

Nos dois próximos anos, será feito o maior investimento de sempre pela Ambisousa em matéria de sensibilização ambiental. São cerca de 120 mil euros, contando com uma candidatura já aprovada pelo Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR), que envolve a dinamização de um conjunto alargado de acções de educação e sensibilização, com vista à valorização de resíduos. 

Para além desta iniciativa, encontra-se já em execução, e até final do ano, a densificação da actual rede de ecopontos em 461 unidades. Este incremento de 461 ecopontos, que serão distribuídos pelos 6 municípios da Ambisousa, permitirão melhorar a acessibilidade ao serviço de recolha selectiva e subsequentemente o aumento dos quantitativos recolhidos selectivamente. 

Prevê-se que a obra de construção da nova estação de triagem de Lustosa fique concluída até final de 2018. Esta unidade será dotada com a mais recente tecnologia de separação multimaterial automatizada, embora estes mecanismos não garantam, por si só, atingir os objectivos em matéria de reciclados. Apelamos, assim, à sensibilidade da comunidade neste esforço conjunto, que tem como único objectivo a salvaguarda e valorização do nosso meio ambiente. 



Dr. Antonino de Sousa
Presidente do Conselho de Administração da Ambisousa, EIM